sexta-feira, 4 de março de 2011

Remember your childhood!

                                     Tumblr_lf2vgdxmwj1qcby7so1_500_large


O passado torna-se incerto.
Quando o presente é tomado pelo obscuro.
E o futuro já não é mais uma probabilidade.

Os brinquedos ora perdidos, ora esquecidos.
Jazem escondidos por debaixo de pavios e cimento.
E a liberdade exposta tornou-se almejada com o passar dos anos.

A brisa da tarde junto com os campinhos.
Tornaram-se cenários para janelas, revestidas de cobre.
E os risos e cantos infantis, extinguiram-se junto com o calor do verão.
E a segurança se esconde entre os sussurros do vento.

Para onde foi aquela infância?
Com direito, a papéis coloridos presas em linhas, e correria pelas ruas.
Campinhos de giz e outrora gritos sinalizando passagem para os veículos, que “sem querer” atrapalhava a partida de futebol.
Docinhos e balas da vizinha, sempre bem-vindos!

E então, as risadas tornaram-se gritos.
E como filme de terror viramos prisioneiros, onde o único lugar seguro era o lar.Às vezes.
Expressões de angústia e medo são visíveis, quando fadados a caminharem sozinhos.
Mães, sequer permitem brincadeiras no quintal.
“Tenho medo de sair de casa, sem saber se vou voltar”.

Onde as ruas são cinzentas.
E o perigo estende-se entre as vielas.
Não podemos nos dar ao luxo de rir, pois a felicidade pode ser arrancada.
Como a chupeta de um bebê.
E até mesmo as crianças, sabem os quantos estão desprotegidas.Sabem que o perigo que circula pela cidade, vestindo peles, trajando roupas negras, assume a mente, e a malícia apodera-se.Já não à cura, e tão logo chegam às vítimas.Retirando vidas.

Saber que uma bala perdida percorre pelos cantos, e crianças são induzidas a atividades “adultas”, atos cruéis e vis, é responsável por construir-se mundos sombrios, intermináveis.
Doce infância, para onde você foi?
Quisera eu poder voltar àqueles tempos.


Para para Projeto Bloínquês:
28º Edição Poemas

2 recadinhos:

G. S. Farias disse...

"Com direito, a papéis coloridos presas em linhas, e correria pelas ruas." Olha, realmente o seu poema teve toda uma poesia, se me entende bem. Adorei :D

RuyxD disse...

vc escreve muito bunito *___*

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com